quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Preparação Festa Confraternização 2011

As preparações para a Festa de confraternização entre os Servidores Municipais de Nova Esperança do Sul e familiares, a qual acontecerá amanhã, dia 30 de dezembro de 2011, às 20:30 horas, na Sede do Sindicato dos Municipários.
A promoção é do Sindicato dos Municipários de Nova Esperança do Sul em parceria com o Executivo Municipal.

Embalando os presentes para o sorteio...
Só alegria...

Assim ficou minha sala

Como vamos organizar???

Começamos assim...

Pausa para foto...

E... mãos a obra

Sede do Sindicato dos Municipários

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Dicas para ser feliz - Roberto Shinyashiki


Roberto Shinyashiki e as suas dicas para ser feliz levam-nos a pensar na nossa vida. Se começarmos a pôr em prática essas dicas, acredito que realmente poderemos ser felizes, sem dependermos de ninguém, apenas de NÓS! São coisas que todos podemos fazer, basta estarmos a fim de aceitarmos as mudanças....

01 – Seja ético.

A vitória que vale a pena é a que aumenta sua dignidade e reafirma valores profundos.
Pisar os outros para subir desperta o desejo de vingança.

02 – Estude sempre e muito.

A glória pertence àqueles que têm um trabalho especial para oferecer.

03 – Acredite sempre no amor.

Não fomos feitos para a solidão.
Se você está a sofrer por amor, está com a pessoa errada ou o amor está a prejudica-lo.
Caso tenha se separado, curta a dor, mas se abra para outro amor.

04 – Seja grato(a) a quem participa nas suas conquistas.

O verdadeiro campeão sabe que as vitórias são alimentadas pelo trabalho em equipe.
Agradecer é a melhor maneira de deixar os outros motivados.

05 – Eleve suas expectativas.

Pessoas com sonhos grandes obtêm energia para crescer.
Os perdedores dizem: ‘isso não é para mim’.
Os vencedores pensam em como realizar o objetivo.

06 – Curta muito a sua companhia.

Casamento dá certo para quem não é dependente.

07 – Tenha metas claras.

A História da Humanidade é cheia de vidas desperdiçadas, amores que não geram relações enriquecedoras, talentos que não levam carreiras ao sucesso, etc.
Ter objetivos evita desperdícios de tempo, energia e dinheiro.

08 – Cuide bem do seu corpo.

Alimentação, sono e exercício são fundamentais para uma vida saudável.
Seu corpo é seu templo.
Gostar de si deixa as portas abertas para os outros gostarem também.

09 – Declare o seu amor.

Cada vez mais devemos exercer o nosso direito de buscar o que queremos (sobretudo no amor).
Mas atenção: elegância e bom senso são fundamentais.

10 – Amplie os seus relacionamentos profissionais.

Os amigos são a melhor referência em crises e a melhor fonte de oportunidades na expansão.
Ter bons contatos é essencial em momentos decisivos.

11 – Seja simples.

Retire da sua vida tudo o que lhe dá trabalho e preocupação desnecessários.

12 – Não imite o modelo masculino do sucesso.

Os homens fizeram sucesso a custa de solidão e da restrição aos sentimentos..
O preço tem sido alto: enfartes e suicídios.
Sem dúvida, temos mais a aprender com as mulheres do que elas connosco. Preserve a sensibilidade feminina – é mais natural e mais criativa.

13 – Tenha um orientador.

Viver sem é decidir na neblina, sabendo que o resultado só será conhecido, quando pouco resta a fazer.
Procure alguém de confiança, de preferência mais experiente e mais bem sucedido, para lhe orientar nas decisões, caso precise.

14 – Liberte-se do vício da preocupação.

Viver tenso e stressado está na moda. Parece que ser competente e estar de bem com a vida são coisas incompatíveis. Defina suas metas, conquiste-as e deixe as neuras para quem gosta delas.

15 – O amor é um jogo cooperativo.

Se vocês estão juntos é para jogar na mesma equipe.

16 – Tenha amigos vencedores.

Aproxime-se de pessoas com alegria de viver.

17 – Diga adeus a quem não o(a) merece.

Alimentar relacionamentos, que só trazem sofrimento é masoquismo, é atrapalhar a sua vida.
Não perca tempo com quem não merece. Se você estiver com um marido/mulher que não esteja compartilhando, empreste, venda, alugue, doe… e deixe o espaço livre para um novo amor.

18 – Resolva!

O ser humano do milênio vai limpar de sua vida as situações e os problemas desnecessários.

19 – Aceite o ritmo do amor.

Assim como ninguém vai empolgadíssimo todos os dias para o trabalho, ninguém está sempre no auge da paixão.
Cobrar de si e do outro viver nas nuvens é o começo de muita frustração.

20 – Celebre as vitórias.

Compartilhe o sucesso, mesmo as pequenas conquistas, com pessoas queridas.
Grite, chore, encha-se de energia para os desafios seguintes.

21 – Perdoe!

Se você quer continuar com uma pessoa, enterre o passado para viver feliz. Todos as pessoas erram, você também.

22 – Arrisque!

O amor não é para covardes.
Quem fica a noite em casa sozinho, só terá que decidir que pizza pedir.
E o único risco será o de engordar.

23 – Tenha uma vida espiritual.

Conversar com Deus é o máximo, especialmente para agradecer.
Reze antes de dormir. Faz bem ao sono e a alma.
Oração e meditação são fontes de inspiração.

24 – Muita paz, harmonia e amor.


A melhor maneira de melhorar o padrão de vida, é melhorar o padrão do pensamento.


sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Como se recuperar depois do fim de um relacionamento


Não há coisa pior do que você dividir a sua vida, seus problemas alegrias e creditar toda a sua felicidade  em alguém e do nada tudo desmoronar em cima de sua cabeça porque o relacionamento acabou, isso é fato. Mas não há motivos para se desesperar, pensar em morte ou acreditar que a vida acabou por esse motivo. No mundo dos seres humanos fomos criados para viver em pról dos mesmos e amá-los com a consequência de repartir sua vida e em troca receber a maior alegria de uma vida: o amor.
Mas aos poucos, acreditamos cada vez mais que o amor não é para sempre e com isso nos deparamos de frente com a decepção de acreditar, confiar em uma pessoa e em um sentimento e depois descobrir que aquilo não passou de ilusão. Se o relacionamento acabou com traição, se acabou por consequência da falta de amor ou por outros motivos de força maior não vale ficar se lamentando pelos cantos em busca de uma explicação, o amor é complexo e dificilmente o entenderemos plenamente.
A melhor forma de se recuperar depois do fim de um relacionamento é darmos tempo ao tempo, mas impor um limite a esse tempo, isso mesmo, quando o namoro/casamento acaba devemos sentir a nossa dor, mas torná-la eterna, ninguém é de ferro, mas ao mesmo tempo todo mundo é forte o suficiente para extirpar de dentro de si aquilo que não lhe apetece. EM se tratando de coração todos são frágeis, mas é preciso recorrer àquelas pessoas que de fato lhe fazem bem como amigos e família, procurar sorrir, dançar e se divertir são as melhores maneiras de se recuperar mais rápido do fim e refazer um novo começo. Ficar de cama, chorando com músicas tristes e se entupindo de chocolate é válido somente na primeira semana, depois acaba o prazo da dor e é hora de encher o rosto de sorrisos e continuar procurando a felicidade.

http://www.guiabrasilblog.com/como-se-recuperar-depois-do-fim-de-um-relacionamento/

######################

Obrigado amigos pelo imenso carinho. É como vocês falam, a vida continua e dias mais felizes virão.
Como diz o ditado: posso perder tudo, mas se perder meus AMIGOS, não aguentarei.
Dinheiro, bens materiais não é tudo na vida. Estou recomeçando do menos zero, mas estou, e com muita força e coragem.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

PARA PENSAR


Acho cruel a forma como a maioria das pessoas tratam os sentimentos dos semelhantes.
Chegam de mansinho e de forma carinhosa começam a afagar as dores alheias e assim prosseguem por certo tempo, as vezes curto outras vezes mais longo...
Com sua meiguice e muitas vezes vestindo peles de vítimas conquistam a confiança e o amor, a amizade, o carinho de seu semelhante.
Depois de conseguirem o que querem, deixam-as como bagaços sugados e sem valor nenhum.
Pois é, sempre pense nas atitudes que vai tomar, você pode acabar com a esperança de um semelhante.
E o pior, dentro do coração ferido está VOCÊ!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

A DOR DA DECEPÇÃO

A  DOR  DA  DECEPÇÃO
Dores difíceis de serem sentidas, existem muitas
Mas podemos tomar remédios, para combatê-las
Mas a dor da decepção, essa não tem remédio
Dói, ... marca, dilacera o coração
Uma dor que não tem definição
 
**
Essa dor faz com que a cada dia
Deixemos de ter confiança, no ser humano
Deixamos a esperança morrer,
Continuando a vida tal qual está se apresentando
Sem lutas, sem garra,
viver por viver
 
**
 Então eu pergunto;
Porque?
 
**
O amor, o carinho, o respeito, a cumplicidade
Misturando todos esses sentimentos nasce
O amor amigo, amante, maternal, fraternal
Enfim, o amor...
Quando esse sentimento é depositado
de um coração para outro coração
merecidamente deveria ser respeitado e guardado
 
**
Mas ao contrário do que se espera
Esse sentimento,
É pisado, usado e deixado de lado
Aí começa a Dor da decepção
Dor que deixa no coração uma cicatriz
 
**
Mesmo com o coração marcado e sofrido
A própria vida ensina
Saber perdoar, voltar a amar, e a ter esperanças
 
**
 Isso porque o maior sentimento
que nos foi ensinado pelo Pai maior
É o perdão...
 
**
Perdoar é divino
Ser perdoado é sublime
http://www.f9.felipex.com.br/f9/m_a_dor_da_decepcao.htm

domingo, 18 de dezembro de 2011

Em Recolhimento...


Acontecimentos têm me deixado em recolhimento, tentando entender, aceitar e recomeçar...

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

A origem das notas musicais

Nota musical é o nome que damos a um elemento sonoro formado por uma vibração no ar. Uma nota musical pode ser definida por claves e ser mais grave ou aguda. Fisicamente o som de uma nota musical é uma onda que se propaga pelo ar com determinada freqüência. O ser humano capta essa freqüência e a ela dá o nome de som. A combinação das notas musicais pode definir uma harmonia, melodia. Isso é uma arte conhecida comomúsica.

As notas musicais básicas são chamadas de dó, ré, mi, fá, sol, lá e si. Sua origem é da música coral medieval. O responsávelpela nomenclatura das notas foi o monge italiano chamado Guido d’Arezzo. Elas foram tiradas de um texto do hino a São João Batista. Eis o texto: Ut queant laxis,Resonare fibris,Mira gestorum,Famuli tuorum,Solve polluti,Labii reatu. Perceba que a primeira sílaba das primeiras palavras corresponde a uma das notas musicais (menos o Ut). Posteriormento o termo seria trocado por dó por sugestão do músico italiano Giovanni Battista Doni.

Nas línguas anglo-saxônicas a nomenclatura para as notas musicais é feita por letras. A é igual lá, B é igual a si, C é igual a dó, E é igual a mi, F é igual a fá e G é igual a sol. Os países da língua inglesa ainda utilizam alguns sinais para simbolizar bemol e sustenido.


Juliana Miranda - Equipe do SitedeCuriosidades.com

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

A importância do e-mail

Um homem que estava desempregado, entra num concurso da Microsoft para ser técnico de limpeza.
O Gerente de Recursos Humanos entrevista-o, faz um teste (varrer o chão) e lhe diz:
"O serviço é seu"; dê-me o seu e-mail e eu lhe enviarei a ficha para preencher, a data e hora a que deverá se apresentar para o serviço.
O homem, desesperado, responde que não tem computador, e muito menos, e-mail.
O Gerente de RH, disse que lamenta, mas se não tiver e-mail, quer dizer que virtualmente não existe, e, como não existe, não pode ter o trabalho.
O homem sai, desesperado, sem saber o que fazer; somente tem 100,00 no bolso.
Então decide ir ao supermercado e comprar uma caixa de 10 quilos de tomates.
Bate de porta em porta vendendo os tomates a quilo, e, em menos de duas horas, tinha conseguido duplicar o capital. Repete a operação mais três vezes e volta a casa com 600,00.
Então, ele verifica que pode sobreviver dessa maneira, sai de casa cada dia mais cedo e volta a casa mais tarde, e assim triplica ou quadruplica o dinheiro a cada dia.
Pouco tempo depois, compra uma Kombi, depois troca por um caminhão e pouco tempo depois chega a ter uma pequena frota de veículos para distribuição.
Passados 5 anos, o homem é dono de uma das maiores distribuidoras de alimentos dos Estados Unidos.
 Pensando no futuro da sua família, decide tirar um seguro de vida.
Chama um corretor, acerta um plano e quando a conversa acaba, o corretor lhe pede o e-mail para enviar a proposta. O homem disse que não tem e-mail.
Curioso, o corretor lhe disse: Você não tem e-mail e chegou a construir este império, imagine o que você seria se tivesse e-mail!!.
O homem pensa e responde:
- Seria um homem de limpeza da Microsoft!!

* Moral da historia 1: A Internet não soluciona sua vida
* Moral da Historia 2: Se você quer ser técnico de limpeza da Microsoft, procure ter um e-mail.
* Moral da historia 3: Se você não tem e-mail e trabalha muito, pode ser milionário.
* Moral da historia 4: Se você recebeu isto por e-mail, você esta mais perto de ser técnico de limpeza do que de ser milionário.
(http://paginas.fe.up.pt/~fsilva/port/email.htm)

Vacina

Inglês de seis anos dorme mais de 19 horas por dia depois de tomar vacina

O pequeno Josh Hadfield, de seis anos dorme mais de 19 horas por dia. O excesso de sono é um efeito colateral da vacina que ele tomou contra gripe suína. O menino de Somerset, na Inglaterra, dorme a cada cinco minutos, quando está comendo, dormindo e até mesmo nadando. E chegou a sofrer covulsões em uma crise de riso.
Dois anos depois de tomar a vacina, Josh ainda sofre os efeitos colaterais. A mãe, Caroline Hadfield, o acorda quatro vezes por noite para dar comida e tranquilizá-lo depois dos pesadelos. O menino não sente fome durante o dia, porque vive caindo no sono, então ele precisa se alimentar à noite, quando dorme menos. O inglês está tomando antidepressivos para tratar a mudança de humor, também um efeito colateral.
No início deste ano, um estudo relacionou o uso da vacina Pandemrix com casos de narcolepsia em toda a Europa. “Nada pode me convercer que não foi a vacina que causou os problemas em Josh”, diz Caroline. “Ele dorme muito mais do que fica acordado”, frisa ela.
Caroline e o marido, Charlie, estão tentando arrecadar dinheiro para uma campanha de conscientização sobre a vacina. O casal acredita que seriam necessárias mais pesquisas antes de liberar a vacina para o consumo da população.

Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/saude-e-ciencia/ingles-de-seis-anos-dorme-mais-de-19-horas-por-dia-depois-de-tomar-vacina-3431834.html#ixzz1gLBAJ2Me
 Extra Online
 

sábado, 10 de dezembro de 2011

Para que Gritar ?



Um dia, um pensador indiano fez a seguinte pergunta a seus discípulos : 


"Por que as pessoas gritam quando estão aborrecidas ?" "Gritamos porque perdemos a calma", disse um deles. 

"Mas, por que gritar quando a outra pessoa está ao seu lado ?", questionou novamente o pensador. 

"Bem, gritamos porque desejamos que a outra pessoa nos ouça", retrucou outro discípulo. 

E o mestre volta a perguntar : 

"Então não é possível falar-lhe em voz baixa ?" 

Várias outras respostas surgiram, mas nenhuma convenceu o pensador. 

Então ele esclareceu : 

"Vocês sabem porque se grita com uma pessoa quando se está aborrecido ?" 

O fato é que, quando duas pessoas estão aborrecidas, seus corações se afastam muito. 

Para cobrir esta distância precisam gritar para poderem escutar-se mutuamente. 

Quanto mais aborrecidas estiverem, mais forte terão que gritar para ouvir um ao outro, através da grande distância. 

Por outro lado, o que sucede quando duas pessoas estão enamoradas ? 

Elas não gritam. Falam suavemente. E por quê ? 

Porque seus corações estão muito perto. A distância entre elas é pequena. 

Às vezes estão tão próximos seus corações, que nem falam, somente sussurram. 

E quando o amor é mais intenso, não necessitam sequer sussurrar, apenas se olham, e basta. 

Seus corações se entendem. 

É isso que acontece quando duas pessoas que se amam estão próximas. 

Por fim, o pensador conclui, dizendo : 

"Quando vocês discutirem, não deixem que seus corações se afastem, não digam palavras que os distanciem mais, pois chegará um dia em que a distância será tanta que não mais encontrarão o caminho de volta". 



Mahatma Gandhi 


###################
Depois de alguns fatos decidi tentar entender " porque as pessoas gritam com as outras?"
Entre muitas considerações, achei essa mensagem muito interessante e decidi compartilhar com vocês.
Desejo que o AMOR esteja em nossos corações, para que não haja a necessidade de GRITAR tanto!
Desejo que o amor seja intenso a ponto de nem precisar de palavras, muito menos GRITOS!
Enfim, desejo que o AMOR guie a vida de cada um de nós.

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Sabedoria de médico


Há muitos médicos na face da terra e, por conseguinte, grande variedade de procedimentos por parte de cada um deles.

Existem belas histórias de médicos que se superam como profissionais e conseguem grandes resultados junto aos pacientes, mesmo sem uso de remédios ou bisturis.

Há anos atrás, lemos a história de um desses médicos fantásticos que curam, desde as doenças físicas até as enfermidades da alma.

Um amigo lhe perguntou qual era a fórmula mágica que usava para ajudar seus pacientes e ele respondeu: "meus doentes se restabelecem com uma prescrição que foi recomendada há muitos séculos, na Galiléia. Ponho-me, às vezes, a pensar sobre o que aconteceria se o Sermão da Montanha fosse levado em conta por todos os médicos... É indiscutível que Jesus nos deu conselhos preciosos para o bem-estar mental e físico."

Fazer o bem com desinteresse é a maior das salvaguardas contra as lamentações inúteis, o ódio e o medo. Por conseguinte, é uma espécie de remédio contra muitas formas de insanidade.

Outro médico contou que certo dia foi chamado a atender a um agente de seguros chamado Bill Wilkins, que acordou certa manhã num hospital para alcoólatras.

Com profundo desânimo Bill perguntou ao médico: "doutor, quantas vezes já estive neste buraco?"

Cinqüenta, respondeu o médico. Você já se tornou um dos nossos mais velhos pacientes.

- Este vício acaba me matando, o senhor não acha? Indagou.

- Ora, Bill, respondeu o médico com voz grave, você, no caminho por onde vai, não vai durar muito.

Então, que tal se me deixasse tomar um tragozinho? Sugeriu Bill, com o rosto iluminado.

- Está bem, concordou o médico. Mas vamos fazer um acordo. Há um rapaz no quarto ao lado que está em más condições. É a primeira vez que vem aqui. Se você se mostrar a ele, como um horrível exemplo do que o espera, talvez consiga fazer com que renuncie à bebida para o resto da vida.

Em vez de zangar-se, Bill mostrou-se interessado.

- Está bem, respondeu. Mas não se esqueça da garrafa, quando eu voltar.

O rapaz estava mesmo em péssimas condições. Bill, que se considerava incapaz de convencer a quem quer que seja, mal pôde acreditar na sua própria voz, quando começou a insistir com o moço:

- O álcool é uma força externa que conseguiu vencê-lo. Só outra força poderá ajudá-lo. Se não quiser chamá-la de Deus, poderá denominá-la a verdade. O nome pouco importa, o importante é que essa força está dentro de você.

Fosse qual fosse a reação do rapaz, Bill acabou por impressionar-se a si próprio.

Ao voltar ao seu quarto, esquecera o trato feito com o médico.

Interessando-se, finalmente, por outra pessoa, permitiu que a lei do desinteresse e da generosidade viesse em seu próprio auxílio.

Os resultados foram tão eficazes que ele se tornou o fundador de um movimento muito útil, para os que perderam a fé em si próprios, e cujo nome é Alcoólicos Anônimos.

***

Toda pessoa tem na intimidade a centelha divina.

E por mais difícil que esteja a situação, sempre haverá uma solução possível, basta que a busquemos com disposição e coragem.
 


Autor:
Equipe de Redação do Momento Espírita, baseado num artigo da revista Seleções do Reader’s Digest, nov/1946. 

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Apelo de um idoso



Dizem que sou um velho. Por vezes, você passa por mim, com um grupo de amigos e ri do meu andar lento e atrapalhado.
Você pode achar que eu não percebo os seus risos. Contudo eles me ferem, porque eu gostaria de andar rápido como fazia há tão pouco tempo. Mas as pernas não obedecem ao meu comando com presteza.
Às vezes, não consigo distinguir com clareza o letreiro do ônibus e acabo por tomar a direção errada.
Motorista, tenha um pouco de paciência comigo. Reconheço que você tem horário a cumprir, que muitos reclamam do seu desempenho, das suas freadas e da sua forma de dirigir.
Pense um pouco. Não errei por querer lhe atrapalhar, simplesmente me enganei. Pense em quantas vezes você já se enganou na vida e precisou da compreensão dos outros.
Explique-me onde descer, de preferência aquele ponto que seja menos complicado para eu retornar ao lugar onde estava e depois tomar o ônibus certo.
Ajude-me. Eu poderia ser seu avô, a quem, com certeza, você trata com carinho e atenção.
Se eu tivesse um neto como você, possivelmente não andaria sozinho pelas ruas. Ele me tomaria pela mão e me guiaria, impedindo que eu corresse tantos riscos.
Ah, não esqueça. Quando eu estiver atravessando a rua e o sinal abrir, espere um minutinho mais.
Não me apresse com buzina ou arrancada brusca. Posso tentar ser mais rápido e cair.
Você que anda pela rua e é indagado por mim a respeito de algum local, use de paciência.
Posso demorar um pouquinho para desdobrar o papel que trago no bolso com o endereço exato de onde eu devo chegar. Minhas mãos tremem e os dedos parecem rígidos.
Espere que eu pergunte e se eu não entender, explique outra vez. Pense em quantas vezes você já pediu a seus pais, seus professores, seus colegas que repetissem a explicação de algo que você não entendeu.
Procure ser claro. Fale devagar. Se possível, me acompanhe até o local mais próximo de onde eu devo chegar.
Você que está na fila do caixa eletrônico, tenha calma. Preciso fazer tudo devagar. Afinal, ainda não consegui assimilar as grandes mudanças da eletrônica.
Passar o cartão, guardar números de memória, a tal da senha e digitar... Tudo é um tanto complicado. Eu consigo fazer direitinho, se você me der um tempo.
Lembre: sou um idoso, hoje. Já fui jovem, fui ágil, preciso, produtivo.
Também fui impaciente. O tempo me ensinou a ter paciência comigo mesmo, pois já não consigo fazer tudo que desejaria. E com os outros que não conquistaram ainda a paciência.
*   *   *
A comunidade que despreza os seus idosos está longe do caminho da civilização. Mesmo que tecnologicamente apresente avanços surpreendentes, se não alcançou o respeito à vida humana, aos mais velhos, aos mais fracos, ainda necessita andar muito.
A mais elevada nação será aquela que souber amparar o mais fraco. Que estabelecer programas de atendimento especializado aos necessitados e primar pela atenção àqueles que se esforçaram para que as leis fossem implantadas, a economia direcionada e a felicidade florescesse nos corações da infância, da juventude e da madureza.

Redação do Momento Espírita.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

10 mandamentos do casal

Brasileiro reclama de quê?

"Tá Reclamando de quê?"
Reclamando do Lula? do Serra? da Dilma? do Arrruda? do Sarney? do Collor? do Renan? do Palocci?  do Delubio? Da Roseanne Sarney? do Jader Barbalho, Dos politicos distritais de Brasilia, do Jucá, do Kassab, dos mais 300 picaretas do Congresso?

Brasileiro reclama de quê
?

O Brasileiro é assim:

A- Coloca nome em trabalho Escolar , que não fez.


B- Coloca nome de colega que faltou em lista de presença.


C- Paga para alguém fazer seus trabalhos, Escolar
.
1. - Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.

2. - Estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas.

3. - Suborna ou tenta subornar quando é pego cometendo infração.

4. - Troca voto por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, pé de sapato e depois da eleição ganha o outro e até dentadura.

5. - Fala no celular enquanto dirige.

6. - Usa o telefone da empresa onde trabalha para ligar para o celular dos amigos (me dá um toque que eu retorno...) - assim o amigo não gasta nada.

7. - Trafega pela direita nos acostamentos num congestionamento.

8. - Para em filas duplas, triplas, em frente às escolas.

9. - Viola a lei do silêncio.

10. - Dirige após consumir bebida alcoólica.

11. - Fura filas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas.

12. - Espalha churrasqueira, mesas, nas calçadas.

13. - Pega atestado médico sem estar doente, só para faltar ao trabalho.

14. - Faz
"gato " de luz, de água e de tv a cabo.

15. - Registra imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas vezes irrisórios, só para pagar menos impostos.

16. - Compra recibo para abater na declaração de renda para pagar menos imposto.

17. - Muda a cor da pele para ingressar na universidade através do sistema de cotas.

18. - Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou 10, pede nota fiscal de 20.

19. - Comercializa objetos doados nessas campanhas de catástrofes. (Enchente em Santa Catarina )

20. - Estaciona em vagas exclusivas para deficientes.

21. - Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se
fosse pouco rodado.

22. - Compra produtos pirata com a plena consciência de que são pirata.

23. - Substitui o catalisador do carro por um que só tem a casca.

24. - Diminui a idade do filho para que este passe por baixo da roleta do ônibus, sem pagar passagem.

25. - Emplaca o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA.

26. - Frequenta os caça-níqueis e faz uma fezinha no jogo de bicho.

27. - Leva das empresas onde trabalha, pequenos objetos, como clipes, envelopes, canetas, lápis... como se isso não fosse roubo.

28. - Comercializa os vales-transporte e vales-refeição que recebe das empresas onde trabalha.

29. - Falsifica tudo, tudo mesmo... só não falsifica aquilo que ainda não foi inventado.

30. - Quando volta do exterior, nunca diz a verdade quando o fiscal aduaneiro pergunta o que traz na bagagem.

31. - Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes não devolve.

E quer que os políticos sejam honestos....

Escandaliza-se com o mensalão, o dinheiro na cueca, a farra  das passagens aéreas...


Esses políticos que aí estão saíram do meio desse mesmo povo, ou não?

Brasileiro reclama de quê, afinal?

E é a mais pura verdade, isso que é o pior! Então sugiro adotarmos uma mudança de comportamento, começando por nós mesmos, onde for necessário!

Vamos dar o bom exemplo!

"Fala-se tanto da necessidade deixar um planeta melhor para os nossos filhos e esquece-se da urgência de deixarmos filhos melhores (educados, honestos, dignos, éticos, responsáveis) para o nosso planeta, através dos nossos exemplos...."


############
Amigos!

Esse é um dos e-mails mais verdadeiros que recebi.

Colhemos o que plantamos! A mudança deve começar dentro de nós, nossas casas, nossos valores, nossas atitudes!