sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Culpados


“Uma pessoa pode falhar muitas vezes, mas ela não é um fracasso enquanto não começar a culpar os outros.”
Desconhecido 
 
É incrível como as pessoas gostam de "achar culpados".
Culpados pelas coisas que não dão certo em suas vidas,
culpados pelo fracasso de alguém próximo,
culpados pelo que dá errado na sociedade, enfim...culpados!
Acho que é mais cômodo fazer isso, pois no momento em que sabemos de quem é a "culpa", tudo está resolvido. 
Será?
Ou será que em muitas situações não estamos criando ainda mais problemas a partir do momento em que "apontamos" os culpados?
Podemos estar ferindo os mais profundos sentimentos de alguém que muito nos ama,
Podemos estar demonstrando nossa incapacidade de assumir nossas atitudes,
Podemos gerar um processo judicial contra nós mesmos,
Enfim, uma infinidade de coisas poderão acontecer.
Esquecemos que ao apontarmos um dedinho para alguém, outros três apontam para nós.
Será que somos assim tão perfeitos a ponto de podermos apontar culpados?
Penso que antes de fazer isso, deveríamos olhar para nosso interior, o meio que nos cerca, enfim, para nós mesmos e nos questionarmos: nunca errei? Será que a culpa é de fulano mesmo? Será que a culpa é do sistema, ou meu, que não faço a minha parte?
Devemos entender que "achar culpados" não soluciona o problema, apenas transferimos nossa responsabilidade aos outros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

SINTA-SE A VONTADE AO FAZER SEU COMENTÁRIO...