segunda-feira, 25 de julho de 2011

Síndrome do túnel do carpo



Amigos, tenho estado ausente da bloguesfera devido a esse pequeno problema que se instalou em meu punho direito. Dia 28, quinta-feira, farei a cirurgia para dar fim a este desconforto.
Por conta disso, continuarei mais um tempo ausente.
Mas assim que possível, voltarei....
####################



Síndrome do túnel do carpo é uma neuropatia resultante da compressão do nervo mediano no canal do carpo, estrutura anatômica que se localiza entre a mão e o antebraço. Através desse túnel rígido, além do nervo mediano, passam os tendões flexores que são revestidos pelo tecido sinovial. Qualquer situação que aumente a pressão dentro do canal provoca compressão do nervo mediano e a síndrome do túnel do carpo.


Recomendações


* Tente evitar atividades que impliquem movimentos de flexo-extensão do punho;
* Lembre-se de que alterações dos hormônios da tireóide e doenças como diabetes podem acarretar neuropatias compressivas. Procure o médico se tiver sensação de formigamento nas mãos;
* Mulheres no climatério estão mais sujeitas à síndrome do túnel do carpo, por causa da queda na produção de estrógeno;
* Sente-se corretamente e apóie braços e punhos quando usar o computador. Não se esqueça de que seu uso inadequado é um fator de risco para L.E.R. e a síndrome do túnel do carpo.

A TIRINHA QUE EMOCIONOU O MUNDO ... Max Gehringer





Quando vc era bem pequeno...

...eles gastavam horas lhe ensinando a usar talheres nas refeições...
... ensinando você a se vestir, amarrar os cadarços dos sapatos, fechar os botões da camisa.. Limpando-o quando você sujava suas fraldas lhe ensinando a lavar o rosto a se banhar a pentear seus cabelos...
...lhe ensinando valores humanos...

Por isso...
...quando eles ficarem velhos um dia...e seria bom que todos pudessem chegar até aí (não preciso explicar...não é?)
...quando eles começarem a ficar mais esquecidos e demorarem a responder...
...não se chateie com eles...
...quando eles começarem a esquecer de fechar botões da camisa, de amarrar cadarços de sapato...
...quando eles começarem a se sujar nas refeições....
...quando as mãos deles começarem a tremer enquanto penteiam cabelo...
...por favor, não os apresse...porque você está crescendo aos poucos, e eles envelhecendo...
...basta sua presença... sua paciência... sua generosidade... sua retribuição...
...para que os corações deles fiquem aquecidos...

...se um dia eles não conseguirem se equilibrar ou caminhar direito...
...segure firme as mãos deles e os acompanhe bem devagar respeitando o ritmo deles durante a caminhada... da mesma forma como eles respeitaram o seu ritmo quando lhe ensinaram a andar...
fique perto dêles...assim como...
...eles sempre estiveram presentes em sua vida, sofrendo por você... torcendo por você...
e vivendo "POR VOCÊ"

"Não eduque seu filho para ser rico, eduque-o para ser feliz.
Assim ele saberá o VALOR das coisas e não o seu PREÇO" .
(Max Gehringer)


#################
Recebi essa mensagem de uma amiga muito especial. Decidi compartilhar com vocês.
Pena que a tirinha eu não consegui copiar, é muito legal! Mas valeu a intenção.
Vamos cuidar de quem muito já cuidou de nós, e muitos ainda continuam cuidando...

terça-feira, 19 de julho de 2011

Médicos indicam aborto, mas casal se recusa e menina sobrevive

Quando a inglesa Heather Skinner's estava com cerca de 21 semanas de gravidez, os médicos a aconselharam a interromper a gestação, pois dificilmente a menina, que já tinha ganhado o nome de Charley-Marie, sobreviveria. Por meio de exames, os especialistas descobriam que havia um tumor na parte esquerda do coração da garota, o que fazia com que o fluxo sanguíneo fosse prejudicado, noticiou o jornal britânico Daily Mail. Porém, Heather e o marido, Andy, decidiram que iriam ter a filha, pois preferiam que, se fosse mesmo o caso, a menina morresse naturalmente a induzir um aborto.

Mesmo com a decisão, os médicos disseram para o casal iniciar os preparativos para o funeral. Eles ainda tiveram de contar aos outros cinco filhos que eles provavelmente não teriam mais uma irmãzinha. Heather disse ao jornal que quando soube da notícia, ela e o marido ficaram em um quarto do hospital e a única coisa que conseguiam fazer era chorar. Já em casa, contaram com o apoio de uma parteira que os ajudaria a lidar com o inevitável.
“Todos os dias eu me perguntava se ela ainda estava viva dentro de mim”, contou Healther. Mas, contra todas as probabilidades, Charley-Marie surpreendeu os médicos e sobreviveu. Ela nasceu em janeiro do ano passado, três semanas antes do previsto. Imediatamente após o nascimento, a garota foi levada para a UTI do hospital para que fossem realizados exames no seu coração. O tumor ainda estava lá, contudo, de alguma forma, o coração da menina encontrou uma maneira de bombear o sangue.
As primeiros 48 horas de vida de Charley-Marie foram críticas e família ficou sem saber o que aconteceria. Mas três dias após o nascimento, ela foi autorizada a ir para casa com os pais. A família, que esperava pelo pior, sequer tinha preparado o enxoval do bebê. “Não tínhamos nem comprado roupas para ela, apenas um cobertor que seria usado em seu enterro”, contou Andy ao jornal.
Apesar da alegria inicial, os médicos novamente foram taxativos: a menina não sobreviveria ao primeiro aniversário. Com 5 meses, ela foi diagnosticada com esclerose tuberosa, uma doença rara que causa tumores benignos em órgãos vitais. Não há cura e os especialistas disseram que uma cirurgia não adiantaria.
Mais uma vez contrariando as expectativas, Charley-Marie teve, sim, sua festa de aniversário de 1 aninho, com direito à família reunida e fogos de artifício. Hoje, aos 19 meses, a menina se comporta com qualquer criança de sua idade, segundo a mãe. “Os médicos não tem ideia do que vai acontecer com o coração dela. E nós apenas esperamos pelo melhor”, afirmou.
http://revistacrescer.globo.com/
#############

 O SER HUMANO PRECISA APRENDER E ENTENDER QUE ACIMA DE TUDO E DE TODOS HÁ UM DEUS VIVO,QUE E CAPAZ DE TUDO, ATÉ MESMO DE MILAGRES, QUANDO SE TEM FÉ E ESPERARANÇA.
A MEDICINA EVOLUIU, COM CERTEZA. MAS NADA É MAIOR QUE DEUS, O ÚNICO QUE SABE O QUE RESERVOU PARA NÓS. E AINDA ASSIM, TEMOS O LIVRE ARBÍTRIO, QUE PODEMOS MUDAR MUITAS COISAS. NESTE CASO O LIVRE ARBÍTRIO DOS PAIS FEZ COM QUE UMA VIDA A MAIS PUDESSE VIR À TERRA.
CONFIEMOS E AGUARDEMOS O MOMENTO CERTO PARA TUDO!

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Mais uma etapa vencida

Hoje foi um dia muito gratificante para mim, todos são, mas hoje foi especial.
Hoje terminei as aulas do MBA- Administração Pública e Gerência de Cidades, que estava cursando desde maio de 2010, na UNINTER - Pólo Santiago.
Agora começa uma nova etapa: o TCC, que se divide em duas partes: O Projeto de Pesquisa e o Artigo Científico.
O tema? Já escolhi, vou fazer numa área a qual tenho muita afinidade:  A Administração de Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS) nos Municípios Brasileiros.

TEMA: A Administração de Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS) nos Municípios Brasileiros.


PROBLEMATIZAÇÃO:
As pessoas que trabalham com os Regimes Próprios de Previdência Social nos Municípios sofrem com a carência de informações quanto à estrutura e o funcionamento do sistema no Brasil.
O Ministério da Previdência Social fiscaliza os regimes e exige o cumprimento de inúmeras regras. As pessoas não entendem como fazer para regularizar tudo isso.
Os municípios também não têm dinheiro para pagar consultorias e há ainda carência de consultorias que consigam colocar os Regimes Próprios de Previdência Social em condições de funcionamento.
Sem estrutura, sem conhecimento e sem dinheiro, os municípios amargam sérios problemas frente à Administração de seus Regimes Próprios.

JUSTIFICATIVA:
A correta gestão dos Regimes Próprios de Previdência Social no Brasil traz aos Municípios uma economia financeira significativa, beneficiando com isso os Servidores Públicos e as Comunidades em geral, por disporem de mais dinheiro para atender outras demandas.

OBJETIVOS:

Identificar os principais problemas para a Administração de Regimes Próprios de Previdência Municipal no Brasil;

Identificar porque os problemas para Administrar os Regimes Próprios de Previdência Municipal no Brasil são de difícil solução;

Sugerir alternativas para melhorar a Administração dos Regimes Próprios de Previdência Municipal no Brasil;

E VAMOS LÁ PARA UMA NOVA ETAPA.......

O valor do casamento

Naquela noite, enquanto minha esposa servia o jantar, eu segurei sua mão e disse: "Tenho algo importante para te dizer". Ela se sentou e jantou sem dizer uma palavra. Pude ver sofrimento em seus olhos.
De repente, eu também fiquei sem palavras. No entanto, eu tinha que dizer a ela o que estava pensando. Eu queria o divórcio. E abordei o assunto calmamente.

Ela não parecia irritada pelas minhas palavras e simplesmente perguntou em voz baixa: "Por quê?"

Eu evitei respondê-la, o que a deixou muito brava. Ela jogou os talheres longe e gritou "você não é homem!" Naquela noite, nós não conversamos mais. Pude ouví-la chorando. Eu sabia que ela queria um motivo para o fim do nosso casamento. Mas eu não tinha uma resposta satisfatória para esta pergunta. O meu coração não pertencia a ela mais e sim a Jane. Eu simplesmente não a amava mais, sentia pena dela.

Me sentindo muito culpado, rascunhei um acordo de divórcio, deixando para ela a casa, nosso carro e 30% das ações da minha empresa.

Ela tomou o papel da minha mão e o rasgou violentamente. A mulher com quem vivi pelos últimos 10 anos se tornou uma estranha para mim. Eu fiquei com dó deste desperdício de tempo e energia mas eu não voltaria atrás do que disse, pois amava a Jane profundamente. Finalmente ela começou a chorar alto na minha frente, o que já era esperado. Eu me senti libertado enquanto ela chorava. A minha obsessão por divórcio nas últimas semanas finalmente se materializava e o fim estava mais perto agora.

No dia seguinte, eu cheguei em casa tarde e a encontrei sentada na mesa escrevendo. Eu não jantei, fui direto para a cama e dormi imediatamente, pois estava cansado depois de ter passado o dia com a Jane.

Quando acordei no meio da noite, ela ainda estava sentada à mesa, escrevendo. Eu a ignorei e voltei a dormir.

Na manhã seguinte, ela me apresentou suas condições: ela não queria nada meu, mas pedia um mês de prazo para conceder o divórcio. Ela pediu que durante os próximos 30 dias a gente tentasse viver juntos de forma mais natural possível. As suas razões eram simples: o nosso filho faria seus exames no próximo mês e precisava de um ambiente propício para preparar-se bem, sem os problemas de ter que lidar com o rompimento de seus pais.

Isso me pareceu razoável, mas ela acrescentou algo mais. Ela me lembrou do momento em que eu a carreguei para dentro da nossa casa no dia em que nos casamos e me pediu que durante os próximos 30 dias eu a carregasse para fora da casa todas as manhãs. Eu então percebi que ela estava completamente louca mas aceitei sua proposta para não tornar meus próximos dias ainda mais intoleráveis.

Eu contei para a Jane sobre o pedido da minha esposa e ela riu muito e achou a idéia totalmente absurda. "Ela pensa que impondo condições assim vai mudar alguma coisa; melhor ela encarar a situação e aceitar o divórcio", disse Jane em tom de gozação.

Minha esposa e eu não tínhamos nenhum contato físico havia muito tempo, então quando eu a carreguei para fora da casa no primeiro dia, foi totalmente estranho. Nosso filho nos aplaudiu dizendo "O papai está carregando a mamãe no colo!" Suas palavras me causaram constrangimento. Do quarto para a sala, da sala para a porta de entrada da casa, eu devo ter caminhado uns 10 metros carregando minha esposa no colo. Ela fechou os olhos e disse baixinho "Não conte para o nosso filho sobre o divórcio". Eu balancei a cabeça mesmo discordando e então a coloquei no chão assim que atravessamos a porta de entrada da casa. Ela foi pegar o ônibus para o trabalho e eu dirigi para o escritório.

No segundo dia, foi mais fácil para nós dois. Ela se apoiou no meu peito, eu senti o cheiro do perfume que ela usava. Eu então percebi que há muito tempo não prestava atenção a essa mulher. Ela certamente tinha envelhecido nestes últimos 10 anos, havia rugas no seu rosto, seu cabelo estava ficando fino e grisalho. O nosso casamento teve muito impacto nela. Por uns segundos, cheguei a pensar no que havia feito para ela estar neste estado.

No quarto dia, quando eu a levantei, senti uma certa intimidade maior com o corpo dela. Esta mulher havia dedicado 10 anos da vida dela a mim.

No quinto dia, a mesma coisa. Eu não disse nada a Jane, mas ficava a cada dia mais fácil carregá-la do nosso quarto à porta da casa. Talvez meus músculos estejam mais firmes com o exercício, pensei.

Certa manhã, ela estava tentando escolher um vestido. Ela experimentou uma série deles mas não conseguia achar um que servisse. Com um suspiro, ela disse "Todos os meus vestidos estão grandes para mim". Eu então percebi que ela realmente havia emagrecido bastante, daí a facilidade em carregá-la nos últimos dias.

A realidade caiu sobre mim com uma ponta de remorso... ela carrega tanta dor e tristeza em seu coração..... Instintivamente, eu estiquei o braço e toquei seus cabelos.

Nosso filho entrou no quarto neste momento e disse "Pai, está na hora de você carregar a mamãe". Para ele, ver seu pai carregando sua mãe todas as manhãs tornou-se parte da rotina da casa. Minha esposa abraçou nosso filho e o segurou em seus braços por alguns longos segundos. Eu tive que sair de perto, temendo mudar de idéia agora que estava tão perto do meu objetivo. Em seguida, eu a carreguei em meus braços, do quarto para a sala, da sala para a porta de entrada da casa. Sua mão repousava em meu pescoço. Eu a segurei firme contra o meu corpo. Lembrei-me do dia do nosso casamento.

Mas o seu corpo tão magro me deixou triste. No último dia, quando eu a segurei em meus braços, por algum motivo não conseguia mover minhas pernas. Nosso filho já tinha ido para a escola e eu me vi pronunciando estas palavras: "Eu não percebi o quanto perdemos a nossa intimidade com o tempo".

Eu não consegui dirigir para o trabalho.... fui até o meu novo futuro endereço, saí do carro apressadamente, com medo de mudar de idéia... Subi as escadas e bati na porta do quarto. A Jane abriu a porta e eu disse a ela "Desculpe, Jane. Eu não quero mais me divorciar".

Ela olhou para mim sem acreditar e tocou na minha testa "Você está com febre?" Eu tirei sua mão da minha testa e repeti "Desculpe, Jane. Eu não vou me divorciar. Meu casamento ficou chato porque nós não soubemos valorizar os pequenos detalhes da nossa vida e não por falta de amor. Agora eu percebi que desde o dia em que carreguei minha esposa no dia do nosso casamento para nossa casa, eu devo segurá-la até que a morte nos separe."

A Jane então percebeu que era sério. Me deu um tapa no rosto, bateu a porta na minha cara e pude ouví-la chorando compulsivamente. Eu voltei para o carro e fui trabalhar.

Na loja de flores, no caminho de volta para casa, eu comprei um buquê de rosas para minha esposa. A atendente me perguntou o que eu gostaria de escrever no cartão. Eu sorri e escrevi: "Eu te carregarei em meus braços todas as manhãs até que a morte nos separe".

Naquela noite, quando cheguei em casa, com um buquê de flores na mão e um grande sorriso no rosto, fui direto para o nosso quarto onde encontrei minha esposa deitada na cama - morta.
Minha esposa estava com câncer e vinha se tratando a vários meses, mas eu estava muito ocupado com a Jane para perceber que havia algo errado com ela. Ela sabia que morreria em breve e quis poupar nosso filho dos efeitos de um divórcio - e prolongou a nossa vida juntos proporcionando ao nosso filho a imagem de nós dois juntos toda manhã. Pelo menos aos olhos do meu filho, eu sou um marido carinhoso.

Os pequenos detalhes de nossa vida são o que realmente contam num relacionamento. Não é a mansão, o carro, as propriedades, o dinheiro no banco. Estes bens criam um ambiente propício à felicidade mas não proporcionam mais do que conforto. Portanto, encontre tempo para ser amigo de sua esposa, faça pequenas coisas um para o outro para mantê-los próximos e íntimos. Tenham um casamento real e feliz!
Desconheço o autor.

terça-feira, 12 de julho de 2011

A Saúde Pública Nossa de cada dia

Socorro demora sete horas

Pintor só foi socorrido após a intervenção do Pioneiro e o apelo de uma atendente dos Bombeiros

Caxias do Sul _ O pintor Paulo Roberto de Lima, 44 anos, teve um dia de cão. Quando despertou, pouco antes das 7h, na casa modesta da Avenida Trichês, percebeu que não conseguia se mover. A dor nas costas era lancinante.
A primeira reação de familiares foi levá-lo até o Postão 24 Horas, no Centro, distante 15 quilômetros. A alternativa se revelava a mais eficiente, diante da greve dos médicos da prefeitura, que ontem completou três meses e paralisa parcialmente postos de saúde de bairros como o Desvio Rizzo, onde ele reside.
Entrevado, Lima foi tirado da cama sobre um velho cobertor e acomodado no porta-malas de uma caminhonete. No primeiro solavanco, ele ordenou ao motorista que parasse, pois não suportava a dor.

Diante dos apelos desesperados por socorro do pintor, familiares e vizinhos iniciaram uma peregrinação em busca de uma ambulância. Ao movimentá-lo, temiam ferir-lhe a coluna. O socorro chegou, só que sete horas depois. Durante todo esse tempo, o pintor permaneceu imóvel dentro do porta-malas.

Familiares e amigos garantem terem feito meia dúzia de ligações para o Serviço de Atendimento de Urgência (Samu). Eles seguravam o celular, enquanto o pintor falava:

– Eles (os atendentes do Samu) perguntavam se eu havia sofrido algum tombo ou batida. Como eu dizia que não, respondiam que não podiam fazer nada e que eu deveria buscar socorro com carro próprio.

Avisada e com um relato semelhante da semana passada, a reportagem do Pioneiro foi até a casa do pintor. De lá, falou com uma médica do Samu, que preferiu o anonimato:

– Ele não corre risco de morrer. Pode ser transportado em qualquer veículo. Ele não sofreu fraturas, não há sinais de traumas. Ele tem uma dor subjetiva.

Informada que o pintor gritava de dor e questionada sobre quem poderia ajudá-lo, ela não recuou:

– A população sempre dá um jeito. Nós apenas seguimos as regras da Portaria do Samu, que prevê atendimento quando há risco de vida.

Diante disso, a reportagem ligou para Fundação de Assistência Social (FAS). O responsável pelo transporte, Paulo Roberto Pereira, respondeu que não possuía ambulâncias ou outros veículos especializados para a remoção de pessoas.

O Corpo de Bombeiros também foi acionado. A atendente disse que, o máximo que poderia fazer, era reforçar o pedido junto ao Samu. Vinte minutos depois, a ambulância do Samu chegava para levar Paulo Roberto de Lima para Postão 24 Horas. À noite, ele seguia na emergência, com forte crise no nervo ciático.
fabiana.seferin@pioneiro.com
FABIANA SEFERIN
########################
Fico muito triste com essas notícias onde comprova como nós, cidadãos, pagadores de impostos e sustentadores dessa maldita Saúde Pública, somos tratados na hora em que necessitamos de um serviço.
Sei que no Serviço Público há muitas normas, regras, enfim que temos que cumprir a LEI. Mas sempre há o bom senso para tudo. Não é porque um cidadão não caiu um tombo ou sofreu um acidente que não corre risco de vida, ou risco de sequelas pelo socorro inadequado.
Nós, Servidores Públicos, temos que, no mínimo ter a sensibilidade de analisarmos cada caso surgido e tratarmos com a devida responsabilidade e respeito que todos os cidadãos merecem.
Imaginem uma pessoa esperar 7 HORAS  por socorro.
Quando digo que os Novaesperancenses moram no Paraíso, ficam rindo de mim.

Gratidão

Charles Plumb, era piloto de um bombardeiro na guerra do Vietnã.
Depois de muitas missões de combate, seu avião foi derrubado por um míssil. Plumb saltou de pára-quedas, foi capturado e passou seis anos numa prisão norte-vietnamita.

Ao retornar aos Estados Unidos, passou a dar palestras relatando sua odisséia e o que aprendera na prisão. Certo dia, num restaurante, foi saudado por um homem. "Olá, você é Charles Plumb, era piloto no Vietnã e foi derrubado, não é mesmo?" "Sim, como sabe?", perguntou Plumb."Era eu quem dobrava o seu pára-quedas.

Parece que funcionou bem, não é verdade?" Plumb quase se afogou de surpresa e com muita gratidão respondeu: "claro que funcionou, caso contrário eu não estaria aqui hoje".

Ao ficar sozinho naquela noite, Plumb não conseguia dormir, pensando e perguntando-se: "quantas vezes vi esse homem no porta-aviões e nunca lhe disse bom dia? Eu era um piloto arrogante e ele um simples marinheiro".

Pensou também nas horas que o marinheiro passou humildemente no barco enrolando os fios de seda de vários pára-quedas, tendo em suas mãos a vida de alguém que não conhecia. Agora, Plumb inicia suas palestras perguntando à sua platéia: "quem dobrou o seu pára-quedas hoje"?

Todos temos alguém cujo trabalho é importante para que possamos seguir adiante. Precisamos de muitos pára-quedas durante o dia: um físico, um emocional, um mental e até um espiritual.

Às vezes, nos desafios que a vida nos apresenta diariamente, perdemos de vista o que é verdadeiramente importante e as pessoas que nos salvam no momento oportuno sem que lhes tenhamos pedido.

Deixamos de saudar, de agradecer, de felicitar alguém, ou ainda simplesmente de dizer algo amável. Hoje, esta semana, este ano, cada dia, procura dar-te conta de quem prepara teu pára-quedas, e agradece-lhe.

Ainda que não tenhas nada de importante a dizer, envia esta mensagem a quem fez isto alguma vez. E manda-a também aos que não o fizeram.
As pessoas ao teu redor notarão esse gesto, e te retribuirão preparando teu pára-quedas com esse mesmo afeto.

Todos precisamos uns dos outros, por isso, mostra-lhes tua gratidão.Às vezes as coisas mais importantes da vida dependem apenas de ações simples. Só um telefonema, um sorriso, um agradecimento, um Gosto de Você, um Te Amo.

Desconehço o autor.

#############
Talvez por serem gestos muito simples é que as pessoas não dão importância.
Mas são através de gestos simples e verdadeiros que poderemos mudar as coisas e o convívio com nossos semelhantes.
Canso de ver pessoas que trabalham juntas por anos a fio, mas que no iníco do dia, ao se cruzarem nos corredores, sequer conseguem abrir a boca e falar "Bom dia", "olá", "oi".
Se não capazes de abrir a boca para um cumprimento, imagina ajudar a preparar o pára-quedas do colega.
Talvez prepare sim, mas para que ele não funcione, na hora em que for preciso!
Temos que deixar de ser egoístas(olhos grudados no próprio umbigo) e movimentar a cabeça e perceber que ao redor tem mais pessoas.
Temos que deixar de ser ingratos e arrogantes, ignorando as pessoas que estão preparando nosso pára-quedas, dia após dia. Temos nossas vidas salvas por alguém e achamos que somos os "Heróis"!
ORGULHO, EGOÍSMO e FALTA DE CARIDADE- Eis as chagas da humanidade.
Mas há tempo, podemos começar a mudança agora!!!!!

sábado, 9 de julho de 2011

Li e gostei

Sabe aquela mulher super equilibrada?

Que nunca te cobra nada?
Super segura, nada ciumenta e calma?
Ela tem outro.
Tati Bernardi

##############

Se a mulher nos ama, até as nossas insuficiências nos desculpa, mas se não nos ama, não desculpa nem as nossas prioridades.

Barão de Montesquieu
################

A pior covardia de um homem é despertar o amor de uma mulher e não corresponde-la .

Bob Marley
#############

"Amor sem pitada de ciúme nem é grande nem verdadeiro."

( Carbonell
#############

O casamento é um edifício que deve ser reconstruído todos os dias."

(André Maurois

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Vinte anos cego



 LANÇO UM DESAFIO: ME APRESENTEM, ME CONTEM: QUANTOS CASAIS SÃO CAPAZES DE FAZER O QUE RELATA A HISTÓRIA NOS TEMPOS ATUAIS?
SE EXISTIREM, GOSTARIA DE CONHECÊ-LOS, MESMO QUE VIRTUALMENTE.
 #########################

Há muito tempo atrás, um casal de velhinhos que não tinham filhos,
morava em uma casinha humilde de madeira, tinham uma vida muito
tranqüila, alegre, e ambos se amavam muito.
Eram felizes. Até que um dia....
Aconteceu um acidente com a senhora.
Ela estava trabalhando em sua casa quando começa a pegar fogo na
cozinha e as chamas atingem todo o seu corpo.
O esposo acorda assustado com os gritos e vai a sua procura,
quando a vê coberta pelas chamas e imediatamente tenta ajudá-la.
O fogo também atinge seus braços e, mesmo em chamas, consegue apagar o
fogo.
Quando chegaram os bombeiros já não havia muito da casa,
apenas uma parte, toda destruída.
Levaram rapidamente o casal para o hospital mais próximo, onde foram
internados em estado grave.
Após algum tempo aquele senhor menos atingido pelo fogo saiu da UTI e
foi ao encontro de sua amada.
Ainda em seu leito a senhora toda queimada, pensava em não viver mais,
pois estava toda deformada, queimara todo o seu rosto.
Chegando no quarto de sua senhora, ela foi falando:
-Tudo bem com você meu amor ?
-Sim, respondeu ele, pena que o fogo atingiu os meus olhos
e não posso mais enxergar, mas fique tranqüila amor que sua beleza
está gravada em meu coração para sempre.
Então triste pelo esposo, a senhora pensou consigo mesma:
"Como Deus é bom, vendo tudo o que aconteceu a meu marido,
tirou-lhe a visão para que não presencie esta deformação em mim.
As chamas queimaram todo o meu rosto e estou parecendo um monstro..
E Deus é tão maravilhoso que não deixou ele me ver assim, como um
monstro, Obrigado Senhor!"
Passado algum tempo e recuperados, voltaram para uma nova casa, onde ela
fazia tudo para o seu querido e amado esposo,
e o esposo agradecido por tanto amor, afeto e carinho, todos os dias
dizia-lhe:
-COMO EU TE AMO.
Você é linda demais.
Saiba que você é e será sempre, a mulher da minha vida !
E assim viveram mais 20 anos até que a senhora veio a falecer.
No dia de seu enterro, quando todos se despediam da bondosa senhora,
veio aquele marido com os olhos em lágrimas, sem seus óculos escuros e
com sua bengala nas mãos.
Chegou perto do caixão, beijou o rosto acariciando sua amada, disse em
um tom apaixonante:
-"Como você é linda meu amor, eu te amo muito".
Ouvindo e vendo aquela cena um amigo que esta ao seu lado
perguntou se o que tinha acontecido era milagre.
Pois parecia que o velhinho parecia enxergar sua amada.
O velhinho olhando nos olhos do amigo, apenas falou com as lágrimas
rolando quente em sua face:
-Nunca estive cego, apenas fingia, pois quando vi minha amada esposa
toda queimada e deformada, sabia que seria duro para ela continuar
vivendo daquela maneira.
Foram vinte anos vivendo muito felizes e apaixonados !
Foram os 20 anos mais felizes de minha vida.
E emocionou a todos os que ali estavam presentes.
CONCLUSÃO
Na vida temos de provar que amamos !
Muitas vezes de uma forma difícil.

E, para sermos felizes, temos de fechar os olhos para muitas coisas, mas
o importante é que se faça única e intensamente com AMOR!!!!!!!
Autor: desconhço

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Traição - de todos os tipos

Em um relacionamento, o amor sozinho não tem força para resistir aos encantos da traição.

Ele só resiste a tais ataques com a existência de uma paixão reciproca, presente,renovada e continuada..
Moacir Soledade
###############

A traição é perita em arrancar esperanças e sonhos, age como areia lançada ao fogo.

Fernanda Souza
#############

Quando querem transformar

Dignidade em doença
Quando querem transformar
Inteligência em traição
Quando querem transformar
Estupidez em recompensa
Quando querem transformar
Esperança em maldição:
É o bem contra o mal
E você de que lado está?
Renato Russo
########################

A pior parte da traição é que ela vem justamente quando nós não a esperamos e através de quem nós nunca desconfiamos.

Flávio dos Santos
################

Um Homem não trai

A traição não é apenas o engano
É mais que isto
A ferir o sentimento alheio
A corromper-se

'Ser homem de várias mulheres
Não é de nenhum valor
Porque o homem de bem
Não trai quem lhe quer seu bem
Para ser de um grande amor
Há de ser de uma só'
M.Nigro
###########
''A traição é uma saída para quem não sabe se entregar por inteiro''

Fernanda Ilario
##########

Há dias em que acordamos e vemos tudo nublado.

Há dias em que acordamos…chove lá fora e chove ainda mais cá dentro.
Há dias em que acordamos com os olhos apinhados de água, em que tão depressa abrimos os olhos como os voltamos a fechar, porque não queremos sentir.
Eu sei que um dia disse que fomos feitos para sentir tudo. Eu sei…
Mas há dias em que preferia simplesmente não sentir. E também preferia acordar com outra coisa qualquer no lugar do coração.
Texto de:Marisa Martins in Blogue Traição , Experiencias, Fuoxetina e Suposições
#########
A traição é a espada que vem por trás e atinge o coração fisica e moralmente.

Silvia Maia
#############
Cuidado, pois....
Traição é uma questão de escolha ou oportunidade, mas se persistir vira questão de caráter!

Faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço

É com muita tristeza que vivencio isso a cada dia. Não sei, as vezes penso que estou no mundo errado, mas pelo que conheço da Doutrina Espírita, não estou, pois cada um de nós está e tem exatamente o que merece.
Sou uma pedra bruta, largada na terra para ser lapidada, aos pouquinhos! Sei que já passei por muita lapidação, melhorei muito, mas estou longe de ser um diamante.
Sim, sou uma pedra bruta, a qual reveste em seu meio um coração parcialmente  lapidado. Pode parecer pouco, mas me custou muito.
Foram talhas e mais talhas para conseguir esse coração assim, muitas dores e sofrimentos, perdas, golpes e mais golpes.
Mas sei que hoje, pelo menos alguma coisa boa brota de meu ser e uma das coisas que mais tento fazer é ser coerente com as palavras que saem de minha pobre boca.
Dói muito, no mais íntimo do meu ser, e isso também faz parte da lapidação, ouvir pessoas pregando veementemente coisas que nem de longe são capazes de fazer.
Dói muito ser "valorizada" na hora da dor, estar presente especialmente nas piores horas e depois ser esquecida. Esquecida pela mesma pessoa que foi acolhida com carinho e tratada com afeto em seu pior dia.
Também sou um cisco, frágil, que passo por momentos de dores terríveis. Esses momentos dolorosos ficam ainda mais pesados ao ouvir das pessoas amadas, que dediquei boa parte de meus dias a acalentar, ouvir, exatamente na hora em que mais preciso, a pergunta: que você tem? Está brava?Hoje não dá para parar perto de ti.
É, tem razão, nessa hora de dor não consigo ser aquela pessoa que acalenta, que conforta. Não consigo, isso ainda é uma coisa que preciso aprender.
Nesta hora, não preciso de muita coisa. Um alô, um: eu te entendo ou apenas um ABRAÇO e o ombro para chorar um pouquinho, seriam suficientes. Mas nunca a indiferença e a  acusação me fazendo sentir culpada por não estar me sentindo bem e não ser sempre aquela mesma pessoa "forte".
Não adianta alardear aos quatro cantos o que "os outros" precisam fazer para ficarem melhores, se virarmos as costas para quem está ao nosso lado necessitando de nossa presença. Ou um abraço é tão CARO assim? Não tenho como pagar um minuto do seu tempo, e por isso não sou digna dele?
Sabe, muitas vezes me pego nessa confusão de pensamentos e sentimentos. Mas uma coisa eu não consigo fazer: viver diferente das minhas concepções, agir de uma forma e ser e pensar de outra, não consigo.
Sei exatamente o ponto que essa pedra bruta precisa ser lapidada. O fazer, sem nada esperar em troca. E por isso a ingratidão se faz presente em meus dias, para que eu consiga ser polida, lapidada.
Obrigado meu Deus por coloar essas pessoas em meu caminho, mas... mesmo assim, um pedido eu deixo: seja coerente com suas palavras e com o que pregas.
E lembre-se: quando um sorriso em meu rosto faltar, é porque eu preciso de um sorriso  seu para talvez, me confortar.

terça-feira, 5 de julho de 2011

Sentimento ruim - Inveja



Nunca tenha inveja, raiva ou algum sentimento doloroso e nunca pense em fazer mal a alguém, pois a vida é feito bola de cristal quando você joga ela volta bem na sua direção!!!!

Frase de: ana carolina
################
Pois é, ningém odeia o fraco ou sente inveja do feio!
Se você é vítima desse sentimento que assola a humanidade, pense que você está fazendo uma boa colheita. Ninguém vai querer fazer o que você faz, ou ter o que você tem, se essa outra pessoa não desejar ardentemente o fruto do seu trabalho, da sua conduta ou da sua moral.
Sei que esse sentimento destruidor existe em todo o planeta terra. Mas em cidades menores, como aqui, as coisas são mais perceptíveis.
As pessoas se consideram "evoluídas", e concordo que, tecnologicamente falando somos sim, muito evoluídos, são empregados altos investimentos para cada vez mais avançarmos nessa área. Bom? Muito bom, claro, se a tecnologia for usada para o bem.
Mas, minha pergunta é: porque essas mesmas pessoas não se preocupam em evoluir espiritualmente, moralmente?
Vejo aqui, nesta pequena cidade, onde há trabalho para todos, felizmente, se alguém tiver a criatividade de fazer algo diferente, pronto! Já aparecem mais uns 10 fazendo a mesma coisa. sei que nada se cria, tudo se copia, mas será que não dá para ter criatividade de ao menos copiar algo diferente do que aquilo que já temos aqui? Porque querer o pão que o outro está comendo? Porque não ter a criatividade de fazer um bolo, uma bolacha?
Isso para mim, é devido à inveja, sentimento que deseja "aquilo" que o outro tem, não importa se é disso que eu gosto...importa que sou igual!
Igual? Nunca, jamais! Primeiro, se fosse igual teria a capacidade de criar/copiar algo que não temos aqui e que, com certeza, renderia mais frutos por ser novidade.
Mas, tenhamos piedade dessas pobres criaturas e vamos colocá-las em nossas orações, para que, quem sabe um dia, possam evoluir!
Por fim, faça que nem a imagem acima, LUTE, NUNCA DESISTA!