sexta-feira, 8 de abril de 2011

O Poder de um abraço ( por Tan Dias)

“Todos nós necessitamos de contato físico para nos sentirmos bem.”

Já se comprovou que todos necessitam de contato físico para nos sentirmos bem, e uma das formas mais importantes de contato físico é o abraço.
Quando nos tocamos e nos abraçamos, levamos vida aos nossos sentidos e reafirmamos a confiança nos nossos próprios sentimentos. Algumas vezes NÃO encontramos as palavras adequadas para expressar o que sentimos; o abraço é a melhor maneira.
Há vezes que não nos atrevemos a dizer o que sentimos, seja por timidez ou porque os sentimentos nos avassalam; nesses casos pode-se contar com o idioma dos abraços.
Os abraços, além de nos fazerem sentir bem, empregam-se para aliviar a dor, a depressão e a ansiedade. Provocam alterações fisiológicas positivas em quem toca e em quem é tocado.
Aumenta a vontade de viver aos enfermos.
É importante saber que:
Os abraços são necessários para o desenvolvimento, manter-se são e para crescer como pessoa.
O que nos dá um abraço?
PROTEÇÃO: O sentir-se protegido é importante para todos, e muito mais para as crianças e mais velhos, que frequentemente dependem do amor de quem os rodeia.
SEGURANÇA: Necessitamos nos sentirmos seguros. Se não o conseguimos, atuamos de forma ineficaz e as nossas relações interpessoais declinam.
CONFIANÇA: A confiança faz-nos avançar quando o medo se impõe ao nosso desejo de participar com entusiasmo em algum desafio da vida.
FORÇA: Quando transferimos a nossa energia com um abraço, as nossas próprias forças aumentam.
SAÚDE: O contacto físico e o abraço partilham uma energia vital capaz de sanar ou aliviar enfermidades
UM ABRAÇO: Faz e diz muitíssimo; abraça o teu amigo, abraça os teus entes queridos, abraça as tuas crianças, abraça o teu animal de estimação…
##############
Não sejamos pessoas frias, vamos distribuir abraços e levar nosso conforto àquelas almas, que muitas vezes não necessitam nada mais que UM ABRAÇO!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SINTA-SE A VONTADE AO FAZER SEU COMENTÁRIO...