segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Preconceito e prepotência

Final de mais um dia. Inicio de uma semana. E eu, aqui a pensar nos sentimentos que movem os seres humanos.
Confesso que muitas vezes me sinto uma ave fora do ninho, uma confusão me invade a mente e o coração.
Dizem que o mundo está em constante evolução tecnológica e científica. Sou obrigada a concordar!
Afinal, o celular que compro hoje daqui um ano é velho, fora de linha. Idem ao meu carro, o computador, o aparelho de som,etc...
E pobre, desatualizado, brega, aquele que não consegue acompanhar essas evoluções tecnológicas todas.
Nada contra, o ser humano é realmente inteligente, investe pesdo nas pesquisas tecnológicas e científicas, e essas vem para nosso auxílio.
Mas o que me deixa confusa e que me põe a questionar, é: "para que" isso tudo?
Para concentrar esforços na tecnologia e esquecer as dores da solidão, do preconceito e da prepotência, que descaradamente invade o coração da maioria dos seres humanos?
Sim, a pessoa é "julgada" pelo que tem, pelo que veste, pela casa em que mora, o emprego que tem e o quanto ganha financeiramente. Depende do quanto "tenho" é o meu valor!
O ser humano parece esperar as catástrofes para manifestar sua solidariedade e olha que mesmo em meio às catástrofes tem gente tirando proveito da situação.
Ah, negro, mal vestido, vai saber o que??? Que vergonha encontrar pessoas que ainda falam e pensam assim. E olha, são pessoas "bem vestidas", "letradas" e da "socialite". Depois vem me dizer que são despidas do preconceito e da prepotência.
Funcionário ralé, auxiliarzinho, operariozinho, é assim que muita "chefia" fala e pensa. E pior, trata seu colega de trabalho.
Onde poderão chegar esses tristes corações vazios, ocos???????
Cade o amor, a caridade e a solidariedade, características de espíritos elevados? De corações nobres, repletos de luz?
Será que não está na hora de começarmos a pensar que o negro, o pobre, o velho, o operariozinho também tem coração e sentimentos? Também tem muita sabedoria a oferecer! Talvez não a sabedoria "comprada" dentro das universidades, mas a sabedoria da humildade, da compaixão e do amor.
Para finalizar, deixo o acróstico muito interessante que encontrei no blog do Wilson Madrid http://recantodasletras.uol.com.br/visualizar.php?idt=553415.

PREPOTÊNCIA
P ensar ser o maior ou o melhor
R ecusar a opinião dos demais
E nxergar só o próprio umbigo
P erguntar somente ao espelho teu
O uvir unicamente a tua razão
T er mania de tudo ser professor
Ê xito dos outros aplaudir jamais
N egar a importância de um amigo
C onsiderar teu o que a vida te deu
I gnorar cada erro como uma lição
A char que a vida é só esta estação...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SINTA-SE A VONTADE AO FAZER SEU COMENTÁRIO...