quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Bebê de 7 meses morre após se engasgar no interior de SP

Uma menina de 7 meses morreu após se engasgar e passar por três locais para receber atendimento médico em Taubaté, a 140 km de São Paulo. A família reclama da falta de atendimento. Segundo os familiares, não havia médicos no posto de saúde do bairro.

Bianca tinha 7 meses. Enquanto tomava leite, ela teria se engasgado e passado mal. Desesperada, a família levou criança até o posto de saúde do bairro do Jaraguá. Eram pouco mais de 15h, e não havia médico.
Em seguida, a família seguiu até o Corpo de Bombeiros e por fim ao Hospital Regional. Segundo o diretor municipal de saúde, Pedro Henrique Silveira, nos três locais ela recebeu o mesmo atendimento, mas o caso seria muito grave.
“Uma criança que já nasceu com prematuridade, com 1 kg quando nasceu, e há 20 dias ela passou por uma pneumonia, provavelmente também por uma possível aspiração. Tudo que a enfermeira fez o médico também teria feito”, explicou Silveira.
Ele também informou que não há médicos no posto por falta de demanda. Uma sindicância será aberta para apurar o caso.

##########
Sabemos que esses fatos são comuns, corriqueiros!!!!
Outro dia em conversa com uma amiga que morava em Porto Alegre, a mesma me relatava o drama para ter seu filho atendido quando num acidente doméstico ele machucou a boca e sangrava sem parar, foram mais de 5 horas em peregrinação, até que, após pagamento, foram atendidos particularmente.
Penso que as pessoas que reclamam do atendimento médico nas cidades pequenas, como a nossa, estão sendo muito ingratos, pois na pior das hipóteses, não havendo médico para atender aqui, no máximo serão 40 minutos para serem atendidos na cidade de Santiago. Um tempo bem menor se comparado com as 5 horas que minha amiga sofreu com seu filho sangrando!!!!
Vamos pensar antes de reclamar. Mais...antes de reclamar, vamos analisar, pesquisar, investigar a realidade das outras cidades, especialmente as cidades grandes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SINTA-SE A VONTADE AO FAZER SEU COMENTÁRIO...