quinta-feira, 17 de junho de 2010

Motivação

Partindo do princípio que é preciso uma motivação para trabalhar e
produzir de forma satisfatória, e que nem todas as pessoas são motivadas pelas mesmas coisas, é possível relacionar vários fatores que levam alguns servidores anão dar o atendimento que aquele cidadão espera receber ao chegar na prefeitura.
Alguns fatores, dentro do serviço público municipal que podem levar à
desmotivação e conseqüentemente ao mau atendimento, podem ser os seguintes:

# Trabalhar insatisfeito com a remuneração recebida.
# Comparar a remuneração dele, que está ali atendendo ao público às
vezes insatisfeito, com a de outro colega que trabalha em setor interno
que não tem contato com o público.
# Falta de material de expediente necessário ao bom andamento dos
trabalhos.
# Sistema de informática ineficiente, isto é, que não possui as informações
necessárias para dar um bom atendimento ao contribuinte.
# Ambiente com pouca iluminação e ventilação.
# Acreditar que está fazendo bem o seu trabalho, e atendendo bem os
contribuintes, e não ter o seu trabalho reconhecido como gostaria.

Poderiam ser descritos outros tantos motivos que desencadeiam um sentimento de desânimo, e por conseguinte causa a desmotivação, mas serão
relacionados a principio, somente estes, que são bem definidos e visíveis, a
qualquer pessoa que converse com algum servidor sobre o assunto.
Qualquer um destes fatores pode desencadear uma desmotivação do
servidor público, devido cada um ter sua individualidade, é possível que apenas um fator dos relacionados seja necessário para desmotivá-lo a dar um atendimento com mais cordialidade e eficiência ao contribuinte.
No serviço público municipal, o contado com os agentes políticos, é
mais direto e comum. Esta determinante justifica, através da teoria da eqüidade, a desmotivação de alguns servidores. Os cargos de relevância e que aumentariam a remuneração do servidor, e que ele acredita ser merecedor e capaz de exercer devido sua experiência e preparo técnico, muitas vezes é dado ao colega, que não tem, no seu ponto de vista, a competência necessária para desenvolver a atividade, mas é simpatizaste ou militante político do mesmo partido, aí no ponto de vista do servidor lesado, entra o favoritismo.
Sendo a motivação uma energia interior, uma força que nasce dentro
de cada pessoa, é imprescindível que cada indivíduo procure dentro de si mesmo o que poderá motivá-lo.
Partindo de um dizer Bíblico “não faça aos outros o que não gostaria
que o fizessem”, é possível modificar o conceito de atendimento ao público. Com certeza ninguém gosta de ser mau atendido em qualquer lugar que seja, porque então não dar um bom atendimento ao cliente que procura o serviço público?
Colocando-se no lugar do contribuinte, que chega a procura de
soluções e às vezes sai com mais problemas, com certeza fará com que mude de forma radical o atendimento dentro da prefeitura, visto que, qualquer situação vista de um ângulo oposto ao que se está, terá uma outra conotação.
É preciso uma conscientização de todos servidores de carreira, quanto
à sua importância dentro da instituição pública de que fazem parte. Deve ficar bem claro que ele é o agente público que sempre estará representando esta instituição perante a comunidade, devido aos contratos em comissão e cargos políticos serem transitórios dentro do sistema.
A motivação em dar um atendimento de qualidade em todos os setores
da prefeitura, pode estar justamente em ver, gradativamente, a imagem do
funcionário público modificada perante a sociedade, ouvir elogios é muito motivador.
Procurar ver sempre o lado positivo das coisas e dos acontecimentos,
também irá contribuir para aumentar a motivação ao trabalho.
Além da conscientização individual de cada servidor, àqueles que detém
cargos de chefia podem contribuir para que seus subordinados sintam-se motivados ao trabalho.
É possível citar aqui várias atitudes que os chefes de setores podem
tomar, que tem uma grande chance de aumentar a motivação dos servidores, são elas:
# Uma palavra de incentivo,
# uma crítica construtiva feita de forma correta e no momento devido,
# reuniões periódicas para dar oportunidade para que sejam expostas
idéias, dúvidas, reclamações,
# ouvir o que cada servidor têm a dizer, e procurar entendê-lo e ajudá-lo
da melhor forma possível,
# designar tarefas a cada um, de forma a utilizar todo seu potencial.
Estas são algumas atitudes que podem contribuir para motivar o servidor, que
muitas vezes não faz melhor seu trabalho, por pensar que ninguém se importa com isso.
Como já foi visto anteriormente, cada pessoa é uma individualidade, e cada
um irá motivar-se de formas diferenciadas, mas é imprescindível que cada um
busque aquilo que irá motivá-lo dentro de si mesmo e siga em frente melhorando cada vez mais como profissional e como pessoa.

Fonte: Motivação no Serviço Público – Nizeti Fontana http://www.ulbra.br/santamaria/posmedio/downloads/Motiva%E7%E3o%20Servi%E7o%20Publico.pdf

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SINTA-SE A VONTADE AO FAZER SEU COMENTÁRIO...